© 2018 por GRUPO TOMAZ.

Dentistas Não Fazem Contas

April 18, 2018

 

Semana passada tive mais uma prova de que dentistas não fazem contas e, na verdade, se relacionam muito mal com o mundo da matemática. Vi um post (em um grupo nas redes sociais) de uma colega pedindo orientação quanto a como e quanto deveria pagar aos dentistas que trabalhariam para ela, na clínica que informou estar montando. Muitos colegas responderam prontamente, alguns até de modo bem coerente e embasados. A maioria recomendava que se pagasse em percentual, modalidade que sou realmente contra (já escrevi em outro artigo o porquê desta posição, mas isso não é assunto para hoje). Alguns colegas recomendavam, portanto, que ela pagasse 50%, outros sugeriram 30% e ainda apareceu quem defendesse percentuais maiores ou menores do que estes, nem sempre acompanhados de justificativas e argumentos pertinentes.

 

Mas aí veio o bizarro: alguns colegas mais exaltados começaram a brigar feio entre si, argumentando que aceitar menos de 50% era "absurdo" e que quem aceitasse era culpado por todos os problemas da odontologia, e que estariam "prostituindo" a classe.

Enquanto isso, outros argumentavam que pagar mais do que 30% faria com que a conta não fechasse para o dono da clínica, despertando assim a ira do primeiro grupo.

Foi quando me manifestei opinando que, independente de eu gostar ou não desta modalidade de relação contratual, mas sim por motivos matemáticos primários, não se deveria discutir percentual para saber se o profissional estava ou não sendo bem remunerado, mas sim o valor em reais por procedimento que isso representava, pois para discutir se um determinado percentual remunera bem ou não, precisaríamos saber sobre qual preço estes percentuais estariam sendo aplicados. Exemplifiquei que 50% de $100 é menos que 30% de $200, ou seja, que a discussão em percentual era inútil, bastava fazer conta. A discussão quanto à remuneração é boa, mas NÃO em bases percentuais. Fui ignorado.

 

Mas, pergunto de novo: 50% ou 30% sobre que valor? Alguém receber 70% pode parecer ótimo, mas se este percentual for sobre um procedimento de $30,00, então será uma "merreca" de $21,00. Prefiro, neste caso, receber 10%... mas numa clínica que cobra $500,00 pelo procedimento, pois aí estes “míseros” 10% (que alguns condenam por não saber fazer conta) estarão me remunerando $50,00, ou seja, mais do que o dobro do que os 70% do outro colega na outra clínica!!! Percebe como discutir remuneração apenas em termos percentuais, sem saber qual o valor de referência é inútil. É tão difícil assim perceber isso?

 

Vamos de novo: se você trabalhar para uma clínica que cobra $1.000 uma endodontia e receber 35%, embolsará $350,00, valor acima do que a maioria dos convênios paga para você trabalhar em seu consultório particular, com todos os custos e dificuldades.

Por outro lado, talvez lhe ofereçam pagar 60% de uma endo em outra clínica onde se cobra $300,00 por ela. Se aceitar, terá concordado em fazer o mesmo procedimento recebendo apenas $180,00, ou seja, quase a metade do valor da outra. Neste caso, quem ganha mais: o que aceita 35% ou o que exige 60%. Ai ai, se nossa classe soubesse fazer contas...

 

Dentistas que ganham para trabalhar em clínicas não fazem conta. Os dentistas donos destas clínicas, geralmente, também não. Não é, portanto, à toa, que tenho a triste estatística de receber um e-mail a cada 12 dias para contar que alguém está fechando o consultório ou, em outras palavras, falindo! Também não é à toa que tantos colegas estão dando baixa no CRO e buscando sustento complementar em outras atividades. Precisamos aprender - e de fato fazer - contas!!

Não custa perguntar: qual o valor de sua hora clínica? Qual preço mínimo que pode aceitar por uma restauração para que tenha, ao menos, lucro zero? Quanto tempo levará para retornar o investimento que fez naquele laser que comprou no último congresso? Qual procedimento que lhe dá maior lucro por hora? Quanto gasta de material para fazer uma endo de molar?

Qual o valor médio dos pagamentos mensais que seus pacientes te fazem? Qual sua lucratividade mensal? Se resolvesse fazer apenas profilaxias o dia todo, cobrando $150,00 cada, qual seria seu lucro ao final de um mês? Sei lá, é só para saber se você anda fazendo contas...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Aumentando Sua Receita

April 18, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes